terça-feira, agosto 30, 2016

...

Tasco da esquina, mesa junto ao balcão, dois tipos meio enfrascados:
- E pokémons, já caçaste algum?
- Eu? Achas-me com cara de andar atrás do que não existe? Deixei-me disso na infância, depois dos gambuzinos... E tu?
- Eu? Só muito mais tarde... Passei a adolescência toda à procura da mulher perfeita...

segunda-feira, agosto 22, 2016

...

"A sua arrogância era reservada, denunciando um exigente juízo sobre aquelas que considerava serem as suas limitações." (George Steiner, Errata: Revisões de Uma Vida)

...

(Mercearia de bairro, centro de Lisboa, sábado passado, progenitor aproxima-se, visivelmente agitado, empurrando carrinho de bebé)

- Boa tarde, peço desculpa, rebentou-se-me o saco das compras, está tudo espalhado ali no meio da estrada, não tenho forma de levar. Não tem por aí um saco de plástico que me possa dispensar?
- Tenho: dez cêntimos...

sexta-feira, agosto 19, 2016

...

"Society grows great when old men plant trees whose shade they know they shall never sit in." (Greek proverb)

quinta-feira, agosto 11, 2016

...

Eu estava com pressa e não queria chegar atrasado. Ela estava com pressa e não queria chegar atrasada. Eu estava do lado de dentro. Ela estava do lado de fora. Eu achava que não ia dar. Ela achava que podia forçar. Eu achava que não devia esperar que o condutor do metro viesse desbloquear as alavancas de emergência, accionadas quando ela ficou presa, entre portas, metade dentro, metade fora. Ela achava não sei o quê. Todos achavam que era uma vergonha, que ele era uma besta, que ela estava aflita, que levava um miúdo pela mão, e o homem ainda se põe a refilar?, não há direito... Eu estava com pressa mas vou chegar atrasado. Ela estava com pressa mas vai para o ca%$£¥@...

quarta-feira, julho 27, 2016

...

"O que eu gostaria de fazer era de utilizar o tempo que aí vem agora para falar de algumas coisas que me vieram à mente. A maior parte das vezes estamos com tanta pressa que nunca temos grande oportunidade de falar. O resultado é uma espécie de infindável quotidiano superficial, uma monotonia que leva uma pessoa a perguntar-se, anos mais arde, para onde foi todo esse tempo, e a lamentar que todo ele tenha passado. Agora que dispomos realmente de algum tempo, e sabemo-lo, gostaria de usá-lo para falar com alguma profundidade de coisas que parecem importantes." (Robert M. Pirsing, Zen e a arte da manutenção de motocicletas)

quarta-feira, junho 08, 2016

...

Restaurante Nova Peixaria, Centro Comercial do Campo Pequeno:
- São 7 euros, senhor. Pode dizer-me o seu nome?
- O meu nome?
- Sim, senhor...
- (Pausa) Italo...
- Como?
- Italo Calvino.
- Obrigado, senhor. Chegue-se à frente com o tabuleiro...

sexta-feira, maio 20, 2016

...

"O fundamentalismo, esse ímpeto cego de simplificação e dos contornos infantis da disciplina imposta, está em alta. [...] A mim sempre me faltou vocação e coragem para entrar na política. Em termos aristotélicos, essa abstenção é uma imbecilidade, uma vez que dá aos bandidos, corruptos e medíocres todos os incentivos e oportunidades para tomarem o poder. A minha política resume-se a tentar apoiar qualquer ordem social que consiga reduzir, ainda que marginalmente, a soma de ódio e dor na circunstância humana. E que ofereça espaço de crescimento para a privacidade e para a excelência. Considero-me um anarquista platónico o que, bem sei, não é uma posição muito bem vista." (George Steiner, Errata: Revisões de Uma Vida)

segunda-feira, maio 02, 2016

...

Já não vai a correr, talvez porque já não vai a fugir...

segunda-feira, abril 18, 2016

...

A vida é um longo adeus.

domingo, abril 17, 2016

...

"O tempo que passa não passa depressa. O que passa depressa é o tempo que passou." (Vergílio Ferreira, Escrever)

quinta-feira, abril 14, 2016

...

"The world is a hellish place, and bad writing is destroying the quality of our suffering." (Tom Waits)

quinta-feira, abril 07, 2016

...

"[...] e foi sempre na mira dos olhos dela que comecei a comer o tomate, salgando pouco a pouco o que ia me restando na mão, fazendo um empenho simulado na mordida pra mostrar meus dentes fortes como os dentes de um cavalo, sabendo que seus olhos não desgrudavam da minha boca, e sabendo que por baixo do silêncio ela se contorcia de impaciência, e sabendo acima de tudo que mais eu lhe apetecia quanto mais indiferente eu lhe parecesse, eu só sei que quando acabei de comer o tomate eu a deixei ali na cozinha e fui pegar o rádio que estava na estante lá da sala, e sem voltar pra cozinha a gente se encontrou de novo no corredor, e sem dizer uma palavra entramos quase juntos na penumbra do quarto." (Raduan Nassar, Um copo de cólera)

domingo, março 13, 2016

...

"Nós somos animais de linguagem, e é este atributo que, mais do que qualquer outro, faz com que o nosso estado efémero seja suportável e profícuo. A evolução no discurso humano (possivelmente tardia), dos conjuntivos, dos optativos, dos condicionais contrafactuais e das formas verbais que exprimem o futuro (nem todas as línguas têm tempos), definiu e salvaguardou a nossa humanidade. É por sermos capazes de contar histórias, sejam elas fictícias ou matemático-cosmológicas, sobre um universo criado há biliões de anos; é por sermos capazes de, como já referi, discutir e conceber a manhã de segunda-feira depois da nossa cremação; é por os nossos «se» («Se eu ganhasse a lotaria», «Se Schubert tivesse atingido a maturidade», «Se encontrarem uma vacina contra a sida») serem capazes de, a seu bel-prazer, negarem, reconstruírem e alterarem o passado, o presente e o futuro, delineando de outro modo os determinantes da realidade pragmática; é por isto que a realidade continua a valer a pena. A esperança é a gramática." (George Steiner, Errata: Revisões de Uma Vida)

sábado, março 12, 2016

...

Brandolini's law: "The amount of energy needed to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it."

sábado, fevereiro 27, 2016

...

"Não há nada que alimente maior ódio nas nossas consciências do que a percepção, sugerida por outrem, de que não estamos à altura [...] Não há nada de mais insuportável do que lembrarem-nos constantemente, perpetuamente, aquilo que devíamos ser e que, evidentemente, não somos." (George Steiner, Errata: Revisões de Uma Vida)

sexta-feira, fevereiro 12, 2016

...

"Dói tanto a reflexão e o peso exacto das coisas..."

(João César Monteiro, Corpo Submerso)

quinta-feira, fevereiro 04, 2016

...

"É curioso. Não creio ter já muita vida espiritual. No meu interior, tudo parece claro, sereno, vazio. São as vozes dos pássaros, é a luz avermelhada contra essa parede de órgãos barrocos, é o sabor amargo, forte e puro do café sem açúcar. Mas nem uma amargura, recordação ou inquietude. Estou suspenso num giroscópio. Estou vazio, límpido e claro. Talvez, por fim, tenha conseguido. Talvez, por narrar, me tenha libertado." (Lars Gustafsson, A Morte de um Apicultor)

quinta-feira, janeiro 28, 2016

...

- Irrita-me essa gente que passa a vida a pôr-se em bicos dos pés...
- Não te irrites, Zé...
- Nem vergonha têm, não percebem sequer que há malta que os topa logo, de cada vez que se esticam todos...
- A maioria não topa, Zé, louva, aplaude, elogia. Nem eles próprios se topam...
- Irritam-me, se tivessem consciência de que o fazem porque se sentem pequenos, e que é isso que revelam...
- Se tivessem essa consciência já seriam um pouco maiores, Zé. Não te irrites com isso...

domingo, janeiro 24, 2016

...

Exercido o direito de voto, sou violentamente invadido por uma excitação familiar, aquela que advém da consciência de que o País nunca mais será o mesmo. Ainda trémulo, momentaneamente abalado pela visão inequívoca de um futuro melhor, cruzo-me no corredor com o hipopótamo Felisberto, que, sorumbático como sempre, aguarda impaciente a sua vez....

quarta-feira, janeiro 06, 2016

O SISTEMA

(Centro de Saúde, Lisboa)

- Vai ter de aguardar, estamos sem sistema.
- Eu tive o cuidado de marcar para agora precisamente porque não podia mais tarde. Não é possível...?
- Vai ter de aguardar, não podemos fazer nada: se não picarmos aqui como é que lá dentro sabem que o utente já está aqui à espera?
- ...