terça-feira, agosto 31, 2021

...

Sonhei que todos dormiam menos eu. Fechei também os olhos e, quando finalmente adormeci, acordei.

sexta-feira, agosto 27, 2021

...

"I understand there's a guy inside me who wants to lay in bed, smoke weed all day, and watch cartoons and old movies. My whole life is a series of stratagems to avoid, and outwit, that guy." (Anthony Bourdain)

sexta-feira, abril 23, 2021

Vendo Imóvel

Em ótima localização
Te vi passando
Pela primeira vez
E à primeira vista
Fiquei assim, sem
reação:
Vendo, imóvel.

(Bruno Félix, "Poemas Classificados")

terça-feira, março 30, 2021

...

Não há emojis para descrever o que sinto.

segunda-feira, fevereiro 22, 2021

...

Proponho que se organize um encontro de colunistas especialistas na gestão de pandemias, em que cada um apresente a sua visão sobre como a atual pandemia deve ser gerida. Dado a conhecer o argumentário de cada um, deve então realizar-se uma competição entre todos, para definir o colunista vencedor e o respetivo modelo de gestão a adotar. As eliminatórias de “Pedra, papel ou tesoura” deverão ser disputadas à melhor de três. Em caso de empate, vence o colunista com a maior rede de seguidores no Facebook.

segunda-feira, janeiro 18, 2021

...

Escutado agora, junto ao ecoponto:
- Estou a pensar ligar, diz aqui que são sérios...
- Se sentem necessidade de dizer que são sérios, é porque são uns aldrabões.

domingo, dezembro 06, 2020

...

Há teorias da conspiração que o tempo trata de demonstrar terem fundamento e serem verdadeiras. A maioria são apenas delírios de mentes perturbadas, mais ou menos ancoradas no real. Enquanto eterno aprendiz de “artesão da verdade”, procuro guiar-me por evidências estabelecidas, e recuso, sempre que disso tenho consciência, ou sempre que disso sou capaz, todo e qualquer “salto” ou crença infundada. Sei que basta “crer para ver”, como escreveu Vergílio Ferreira. Procuro defender-me, refletindo.

Foi-me, por isso, muito difícil, não tendo forma de comprovar as informações a que tive acesso, tomar a decisão sobre se deveria ou não partilhar o que soube de um amigo próximo que trabalha longe, no Japão, num laboratório dedicado à inovação farmacológica, operando em parceria com uma empresa controlada pela Fundação Bill e Melinda Gates. Faço-o porque a gravidade do relato assim o exige, sublinhando a importância de cada um fazer as suas próprias investigações, e tirar as suas próprias conclusões.

Deixo-vos o essencial do que me foi dito, sem entrar nos detalhes mais sórdidos, porque mais inconcebíveis:

- o plano de eliminar parte da população mundial é real;
- a Covid-19 não passa de uma gripe comum, sendo relativamente inofensiva;
- a vacina não tem como objetivo proteger do vírus SARS-CoV-2, nem prevenir a Covid-19;
- as histórias acerca do nanochip para controlar a população mundial, e acerca da alteração do DNA, são completamente falsas, fazendo parte de um enredo fabricado para suscitar a dúvida quanto à segurança da vacina, junto de parte da população;
- a vacinação será apresentada como facultativa;
- parte da população recusará ser vacinada, defendendo o seus direitos e as suas liberdades;
- uma nova doença surgirá no final de 2021, provocada por um novo agente patogénico, obviamente fabricado em laboratório, e que se dirá ter saltado para o homem a partir de um animal doméstico;
- haverá uma nova pandemia à escala mundial;
- OMS emitirá informações contraditórias e erróneas, que contribuirão para a rápida disseminação do novo vírus;
- apenas as pessoas supostamente vacinadas contra a Covid-19 sobreviverão;
- todos os conspiracionistas e negacionistas da Covid-19 morrerão vítimas da nova doença.

sábado, abril 18, 2020

...

“Gostaria muito que as crianças do pré-escolar pudessem voltar a conviver, porque é importante que convivam sem estarem confinadas no seu espaço familiar”, revelou o primeiro-ministro, referindo-se ao desejo de reabrir as creches em Maio, antes de mais uma valente baforada no shilom incandescente.

“É bem sabida a elevada capacidade que os mais pequenos têm de respeitar o distanciamento social, bem como todas as regras de etiqueta respiratória e de higiene”, continuou, fechando as mãos sobre o cachimbo e enchendo profundamente o peito com a fumaça proveniente da combustão daquela planta asiática.

“Além disso, as evidências demonstram que o vírus é incapaz de atravessar a barreira da fralda”, concluiu, antes de expulsar o ar dos pulmões e de se deixar cair para trás, para dentro do mundo dos sonhos.

quinta-feira, abril 16, 2020

...

“Não havia (e não há) nada mais agradável de se ver do que uma bela mulher em movimento.”

(Rubem Fonseca, José)

quarta-feira, novembro 06, 2019

...

Foi com grande orgulho que apresentei hoje o meu novo projeto no Web Summit: uma start-up dedicada à criação e gestão de uma nova rede, uma rede antissocial. O conceito é relativamente simples, mas bastante inovador. O utilizador pode escrever textos ou fazer upload de imagens e vídeos; depois, tem apenas uma opção: “Não Partilhar”; os conteúdos são então publicados num mural a que apenas o titular da conta tem acesso.

quinta-feira, outubro 17, 2019

...

Há mães que sabem melhor que ninguém o que é realmente importante para os seus filhos. E o que é realmente importante para os seus filhos é por vezes tão imensamente importante que chega a ser mais importante que os seus próprios filhos.

domingo, agosto 25, 2019

...

Agora mesmo, no café da praia:
- Não se pode contar com ele...
- É verdade: só lhe interessa aquilo que lhe interessa...

domingo, janeiro 06, 2019

...

Chama-me a atenção aquilo que não dá nas vistas.

segunda-feira, setembro 10, 2018

Parentalidade negativa

Muito interessante, a entrevista a Minus P. Hood, um dos fundadores da “parentalidade negativa”:

- O que é a parentalidade negativa?
- A ideia passa por antecipar a formação, e potenciar o crescimento, do vazio fundamental da criança, ajudando-a a atingir precocemente a consciência da falta de sentido que sustenta a sua vida, da inequívoca indiferença do cosmos com que se confronta no seu quotidiano.

- Com que objectivo?
- No fundo, o objectivo é o de que a criança viva a primeira grande crise existencial nos primeiros anos de vida. Queremos crianças lúcidas, conscientes da sua impotência enquanto seres humanos, capazes de suportar nos ombros o seu sofrimento e o do mundo. A genuína construção começa depois da grande desilusão.

- Essa crise existencial não pode levar a que uma criança queira, por exemplo, comprar um descapotável demasiado cedo?
- O meu filho tinha três anos e chegou-me a casa com uma tatuagem. Aos quatro disse que ia viajar e a última vez que soube dele foi através de um postal com carimbo da Mongólia. Faz cinco anos no mês que vem. No fundo, é educar para a autonomia...

Mindfulness

Depois de ler superficialmente alguns artigos e entrevistas, decidi reunir neste post todas as vantagens que encontro em Mindfulness, essa coisa que se pratica. Passo então a enumerar:

sexta-feira, julho 27, 2018

...

Todos os anos assisto ao eclipse que só acontece uma vez a cada cem anos.

sexta-feira, maio 25, 2018

...

Custa assim tanto reler antes de publicar, para se ter a certeza de que está bem escroto?

quinta-feira, fevereiro 22, 2018

...

“Sou quem sou.
Um acaso inconcebível
como todos os acasos.”

(Wisława Szymborska)

sexta-feira, fevereiro 09, 2018

...

Oiço a argumentação de um médico contra a eutanásia e quase consigo escutar, em fundo, o leve pranto dos poucos neurónios de que dispõe, pedindo a ajuda de alguém que os liberte do sofrimento...

quarta-feira, dezembro 20, 2017

...

Ainda estás na fila para pedir, com gente à tua frente, mas já tens alguém a guardar a mesa, ignorando aqueles que, de tabuleiro na mão, já só procuram sentar-se? Calma, não te centres já no facto de seres desprezível. Agarra-te, isso sim, à consciência de que há algo, vê tu bem!, em que ainda podes ser melhor. Feliz Natal, crápula...

quinta-feira, dezembro 07, 2017

...

O aparador nórdico conferia ao espaço uma personalidade forte, assegurava um tipo com mais de três assoalhadas.